Atualidades

Vida de Nutricionista: Autocuidado Profissional

Recado importante: esse texto expressa uma opinião pessoal, ou seja, não é um aconselhamento profissional e você não precisa concordar comigo! Boa leitura 🙂 

O autocuidado, processo diário de atender às suas necessidades, é essencial para o nutricionista do ponto de vista profissional para cuidar melhor do próximo.

Cuidar primeiro de si não quer dizer que você precisa estar “sem problemas” para poder lidar com o outro (seria impossível). Apenas significa que deve haver maior prioridade no autocuidado quando estamos exercendo essa posição.

Para outros profissionais, como psicólogos, essa questão é muito clara. Porém, na nutrição esse conceito sempre aparentou estar muito mais associado e restrito à estética, ou com a forma de se alimentar. É importante que o autocuidado vá muito além disso!

“o autocuidado vem primeiro”

Os que trabalham como terapeutas e cuidadores, como muitos nutricionistas, precisam estar 100% presentes em seu trabalho, escutando o outro sem comunicar muito sobre si. Mas, e nas outras horas do seu dia? Se continuar sendo esse “cuidador”, quem cuidará de você?

Tem um livro bem curtinho que se chama “Caderno de Exercícios para Cuidar de Si Mesmo”, vale muito apena adquirir, inclusive para propor exercícios aos pacientes. 

Segue a sugestão de um exercício rápido: 

  • Escreva uma coisa apreciável a respeito de si mesmo e sinta o que acontece dentro de si quando estiver lendo-a em voz alta. Como se sentiu? Poderia repetir isso diariamente?

Além disso, ser nutricionista é apenas a nossa profissão. Podemos ter dificuldades em se alimentar como gostaríamos, como um médico pode ficar doente com maior frequência do que gostaria. Somos assim, humanos.

Por isso, é preciso saber a hora de buscar ajuda. Ela pode ser encontrada com outro nutricionista, na terapia individual ou em supervisão profissional. Nem sempre podemos nos “tratar”, independente do nível de conhecimento e especialidade que temos, e tudo bem!

Lembre também que você não precisa saber de tudo, ou é responsável pela mudança do outro – o nutricionista é apenas um mediador, um facilitador! Precisamos entender que ninguém muda ninguém! 

Nosso objetivo é possibilitar que o cliente entre em contato com o seu curador interior, é ser um espelho para que ele se veja, ao invés de nos ver como modelo, querendo ser como nós (1).

Uma vez escutei uma frase que ficou muito marcada:

“o bom médico é aquele que desperta o curador no outro”.

Infelizmente não encontrei a fonte, mas ela reflete muito bem o quanto o cuidado não é de responsabilidade única daquele que “cuida” no processo terapêutico, é preciso despertar nos outros o desejo de cuidarem mais de si! 

Até mais!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s