Atualidades, Estudante de Nutrição

Vida de Nutricionista: Carta Aberta aos Estudantes

Recado importante: esse texto expressa uma opinião pessoal, ou seja, não é um aconselhamento profissional e você não precisa concordar comigo! Boa leitura 🙂 

Essa semana estava um pouco nostálgica sobre a minha época na faculdade quando parei para escrever pro Allivici. Lembrei do primeiro post que escrevi aqui (em 2019) e decidi escrever para a estudante de nutrição que fui um dia.

Eu sei que anda torcendo pra tudo acabar logo, venho lhe dizer pra aproveitar enquanto durar. Passe por cada semestre com mais calma, se possível. Ao contrário do que parece, a faculdade não é um lugar que você vai para terminar algo. 

Há muito para celebrar no “durante”, não apenas ao pegar o diploma (o qual você ainda nem foi buscar). Faça as pazes com o seu desespero todo fim de semestre, ele faz parte.

Cada um tem uma história com a nutrição, você vai comparar a sua com a de outras pessoas. Vai achar um máximo quem dizia que sempre quis ser nutricionista, enquanto nem sabia dessa profissão até uns anos atrás. Não caia nessa cilada, cada um tem a sua história. Valorize a sua. 

Você vai continuar achando que a vida é muito longa para não sermos múltiplos. Tenha os seus hobbies, uma profissão, uma carreira, seja curiosa por outras áreas e cultive vários interesses. Você não precisa ser uma só, não é, pare de tentar ser. 

Sim, a gente tem que decidir ainda muito novos sobre a nossa “carreira” como se ela fosse definida na faculdade. Na verdade, cada tijolinho dela está no que você faz no dia a dia, quem você admira, o que você escuta, quem você é

Uma carreira de sucesso é estar satisfeito com o serviço que você exerce, conectado aos seus valores e interessado em sempre aprender. 

A sua visão do nutricionista continua a mesma, ainda acredita em “oferecer a possibilidade de manter corpo e mente saudáveis através da alimentação”, mas algumas coisas mudaram no meio do caminho. 

Você se deparou com algumas realidades da profissão. Ser nutricionista é estar disposto a nutrir, alimentar, se doar. Requer energia, flexibilidade emocional, apoio de colegas e organização financeira. 

Olhando pra trás e buscando por um conselho, talvez tenha esse: aproveite tudo como se você estivesse montando um quebra-cabeças de 1000 peças. 

Tenha sempre um olhar vigilante para as oportunidades, acredite na sua intuição, tire uma pausa se precisar, volte descansado, peça ajuda, continue, você nunca sabe quando aquela peça que faltava pode surgir!

Até mais! 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s